Postagens

Ensaios

  • Postagem
  • Ensaios
  • 04/12/2019

A conversão pelo ódio

por Bruno Cosentino

Caetano Veloso conta que quando mostrou sua canção “Odeio” para o amigo e compositor Jorge Mautner, este teria chorado e lhe dito que aquela era a canção de amor mais bonita que já tinha ouvido.

  • Postagem
  • Ensaios
  • 24/09/2019

A sede do outro

por Bruno Cosentino

Todo ano, após o Carnaval, tem início a Quaresma, período em que os fiéis se retiram da vida mundana para se dedicar a sacrifícios, caridades e orações.

  • Postagem
  • Ensaios
  • 23/07/2019

“O amor tem cheiro de morte”

por Bruno Cosentino

Uma única vez Clarice Lispector escreveu deliberadamente sobre sexo. Foi no livro A via crúcis do corpo.

  • Postagem
  • Ensaios
  • 13/05/2019

“As mulheres são selvagens”

por Bruno Cosentino

Para a jornalista Laura Freixas, as personagens femininas de Clarice guardam o germe do inconformismo — “as mulheres são selvagens”, afirma.

  • Postagem
  • Ensaios
  • 05/02/2019

Amar o amor

por Bruno Cosentino

Nas entrevistas feitas por Clarice há uma espécie de inadequação no que diz respeito à técnica jornalística. Com Vinicius de Moraes, sua primeira abordagem soa como provocação: “Vinicius, você amou realmente alguém na vida?”

  • Postagem
  • Ensaios
  • 26/11/2018

A sombra da palavra

por Alexandre Nodari

Tornou-se lugar comum dizer que a escrita de Clarice busca ultrapassar o limite da linguagem, que a autora nomeia como “it”, “núcleo”, “objeto”, “coisa”, “indizível”, “silêncio”

  • Postagem
  • Ensaios
  • 24/10/2018

Cazuza ao som de Lispector

por Rafael Juliao

“Eu queria anunciar aqui o seguinte: a pessoa que eu mais amo na minha vida chama-se Clarice Lispector”. Essa afirmação foi feita por Cazuza

  • Postagem
  • Ensaios
  • 21/12/2017

“Tornar-se”: notas sobre a “vida secreta” de Clarice Lispector

por Alexandre Nodari

Neste ano em que se comemora a hora da estrela, a entrada de Clarice Lispector e de sua alter ego (uma de muitas), Macabéa, na “própria profundeza

  • Postagem
  • Ensaios
  • 30/10/2017

Clarice e Lucrécia em Berna

por Marco Antonio Notaroberto

O texto a seguir nasceu a partir de uma pesquisa da correspondência entre Clarice Lispector e suas irmãs Tania Kauffman e Elisa Lispector, sob a guarda do IMS

  • Postagem
  • Ensaios
  • 06/09/2017

Ulisses, um pouco neurótico

por Elizama Almeida

Ulisses foi o último cão de Clarice Lispector, um vira-lata que roubava cigarros e filava e uísque das visitas. De tão excêntrico, ganhou uma robusta nota em O Pasquim.